Pular para o conteúdo principal

Pé de Urucum ~ Urucum tree

Urucuzeiro florido
- Tia, aquilo é pé de quê?

- De Urucum.

- Uru-quê?

- Urucum.

- Serve pra quê?

- Pra colorir. Colorir de vermelho!

- Como?

Cansada de tantas perguntas, peguei a Flavinha no colo e caminhei até o pé de Urucum. A árvore estava florida e alguns galhos já exibiam frutos, que mais pareciam pingos grandes envolvidos por espinhos moles.
Um close nas sementes
Deixei a nenenzinha no chão e colhi dois urucuns. Abri gentilmente o fruto e contemplamos as fileiras de sementes, dispostas numa ordem quase perfeita. A Flavinha soltou um
– Nossa Tia, que lindu!
Então peguei uma semente e fiz um risco vermelho na palma de sua mão. Ela ficou surpresa.
Rabisquei um coração na minha mão esquerda mas não consegui repetir a proeza com a pequena. Pra não deixá-la em desvantagem, coloquei três sementes nas palmas de suas delicadas mãos e pedi que ela esfregasse uma na outra, até as sementes ficarem sem cor. 
Tia Máça! Olha que lindu!
E quando a Flavinha viu suas próprias mãos - vermelhas como o fruto do Urucum (do tupi uru-ku = “vermelho”) - ela abriu o sorriso e disse novamente:

- Muito lindu Tia! Adolei!
.
Eu também adorei ter mostrado pra Flavinha este tiquinho de natureza durante o feriado de Carnaval. Enchemos nossos dias com descobertas pequenas como uma semente de urucum, mas grandes o suficiente para nos mostrar que a Natureza surpreende em seus mínimos detalhes.
E por falar em detalhes, me lembrei do dia das mulheres batalhadoras, mães, solteiras, multi-tasks, lindíssimas, vitaminadas and so on, and so on...
Vai aqui um carinhoso Feliz dia das Mulheres pra todas vocês!

-=♥=-

Comentários

  1. Oi Márcia! Que lindinha a Flavia! A cara de felicidade na foto mostrando as mãos diz tudo...hehe
    Bjo grande, querida, e feliz dia das mulheres pra vc que tanto admiro :)

    ResponderExcluir
  2. nunca tinha visto o urucum!! adorei aprender um pouquinho mais! bjs.

    ResponderExcluir
  3. Ai, Márcia... Às vezes só essa cara de esperança e de inocência de criança pra fazer com que a gente ainda queira seguir em frente.

    Beijos, menina. Feliz dia da mulher pra vc tbém.

    ResponderExcluir
  4. Rpz ... nunca tinha visto urucum assim de perto ! kkkkkk
    e ói que eu cresci em fazenda.

    Viajando pelo mundo dos blog passei aqui pelo seu.

    ResponderExcluir
  5. Ebaaa! Feliz dia das mulheres!!

    Sua sobrinha é uma fofaaa!!! Também tenho uma sobrinha curiosa que só, e tento passar para ela toda pouca sabedoria que tenho.

    Beeejs querida! :D

    ResponderExcluir
  6. Marcinha,

    Gosto muito da sensibilidade que tens quando escreve, principalmente da atenção aos detalhes, e como as coisas simples vão ganhando forma à medida que vc narra! Muito 10,viu?

    Bjos querida...Feliz Dia Das Monas Moníssimas pra vc tb :)!

    ResponderExcluir
  7. Oi!? Obrigada pela visita! É, acho que você tem razão, não é muito pratico! Nossa, quanta coisa a gente compra ou faz que só mais tarde descobrimos que não nos serve!

    ResponderExcluir
  8. Dani,
    Obrigada, a reíproca é verdadeira! Também acho que a felicidade da Flavinha transparece bem na foto!

    Obrigada Helô!!! E ponderastes muito bem sobre o descansador de sabonetes!

    Vivendo e aprendendo, né Mi?

    Su, impressionante como crianças renovam nossa esperança de que o mundo tem jeito...

    Olá Augusto! O Urucumzeiro é uma árvore bonita mesmo, que bom tê-la conhecido por aqui!

    Housewife, deixar fluir o conhecimento que tens mostra que eres uma Titia muito especial! Eu acho um barato como as crianças ficam iluminadas com estes tiquinhos de informação... Nos fazem parecer até inteligentes :)

    Gi, muito obrigada pelo seu elogio, você captou uma característica muito importante minha: o olhar minimalista e a vontade de dar vida à coisas pequenas! Vivo tentando atribuir valor ao que vejo. Mesmo que se trate de uma porção de sementes esparramada no quintal.
    Esperta esta Gi, viu?
    E aquela panqueca querida, comeu both?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Aproveite a paisagem e deixe um comentário! Enjoy the landscape and leave me a comment ♥

Postagens mais visitadas deste blog

Festa na floresta ~ A pink safari party

Fim de semana passado foi a vez da mais nova integrante da família celebrar seu aniversário. Nathália, minha sobrinha e afilhada, completou 2 aninhos de idade numa festa pra lá de linda. Os bichinhos da floresta vieram em peso pra festa porque o tema da decoração era um "Safari Rosa". Tigresas, elefantes, girafas, macaquinhas e outros "animais" enfeitaram o salão com uma graciosidade pensada nos mínimos detalhes. As samambaias, árvores e folhas trouxeram o clima acolhedor da floresta, ao passo que os balões rosa e a forração com print animal deram um tom feminino da decoração. ♥ Last weekend my niece Nathália celebrated her birthday. Her party was planned under the motto "Pink Safari", and every detail was nicely thought and done to match some kind of a girly forest. I shall explain to my foreign readers that kid's parties can be big events in Brazil. In terms of planning, size and budget, kid's parties can be compared with small weddings. You wil…

As namoradeiras de janela ~ Brazilian folk art

Português/English Reza a lenda que as esculturas das namoradeiras retratam as moças de antigamente que se debruçavam na janela em busca de um namorado, já que suas famílias eram conservadoras e as privaram de sair de casa para conhecer rapazes. 
Com um braço apoiado na janela e o outro segurando o rosto, as namoradeiras representavam nitidamente uma espera - a espera pelo grande amor de suas vidas.  Privadas da liberdade, as namoradeiras caprichavam no visual para atrair bons partidos. Os lábios carnudos, os decotes sensuais e os olhares sonhadores eram as armas de sedução das namoradeiras.  Embalados pela lenda e pelas armas de sedução femininas, artesãos de todo o Brasil reproduzem esculturas de namoradeiras belíssimas.  Algumas esculturas têm um olhar doce e sonhador, outras têm um olhar capcioso, quase pecaminoso. É a arte imitando a vida... ♥♥♥ Once upon a time Brazilian girls brought up in the countryside were forbidden by their strict parents to go out and flirt with boys. Left w…

Fotos pulando ~ Jumping pictures

Fotografia é expressão. Fotografia é registro. Fotografia é diversão.  Além de gostar de fotografar, edito livros de fotografia que retratam, na maioria das vezes, viagens.  E através das fotos eu percebo que as pessoas têm um certo padrão na hora de fotografar, padrão que se reflete nas poses preferidas, ou até mesmo, nas poses "caricatas".  A pose caricata do meu irmão é hilária: ele se deita nos bancos das praças, como se estivesse dormindo, e pede para alguém fotografar a cena. Não há uma viagem sequer que ele não fotografe um "soninho fingido" no banco da praça, kkk.
Outra amiga-cliente ama fotografar, juntamente com o namorado, a pose do "cavalinho" das quadrilhas. Eles juntam as mãos e saem em disparada, dando pequenos pulinhos... Dá pra imaginar a cena em frente ao Coliseu na Itália? A foto ficou um colosso!
Minha irmã gosta de posar para fotos com o pescoço levemente jogado para a direita. Minha mãe geralmente coloca as mãos na cintura. Já a cria…