Pular para o conteúdo principal

Então, ao tempo ~ The clock doesn't stop ticking

Há um ano eu estava segurando as mãos inchadas da minha irmã grávida na maternidade. Ela tranquila, eu ansiosa. Ela Mãe, eu Tia. Nós juntas: família!
Família esta que cresceu com a chegada da pequena Nathália. E se transformou, viu?
Transformou-se pra melhor, pra muito melhor. Porque as crianças nos devolvem os sonhos, os encantos e o entendimento da nossa fragilidade como seres humanos. Além de nos ajudar a lutar contra a seriedade.
Por falar em seriedade, eu saí correndo dela na primeira festa de aniversário da Nathália. Entrei na piscina de bolinhas, brinquei no pula-pula e até fiquei entalada no escorregador (que vergonha...). Quer saber? Eu curti mais a festa da pequena do que ela própria! Porque convenhamos, uma criança de 1 ano nem tem muito discernimento.
Minha irmã sabe disso, e quis fazer uma festa pequena, tipo "um bolinho pra não passar batido". Mas já contei pra vocês que as festas na minha família começam como faíscas e terminam como labaredas. Então o "bolinho" da Nathália se transformou numa festa linda, com motivo da Galinha Pintadinha, desenho que minha pequena ama de paixão.
Preciso fazer uma ressalva aqui: o fermento que faz as festas da família crescer é adicionado pelos próprios familiares. Somos nós que fazemos a ideia ganhar proporções de sonho, ajudando de todas as maneiras possíveis. E isso eu acho muito bonito na família brasileira: o envolvimento e compromisso em ajudar. Não vejo esse comportamento em muitos países mundo afora...
Um exemplo: a Cláudia, minha irmã, encomendou 1.200 docinhos pra festa. Sabe quem fez todos? A sogra dela, uma exímia cozinheira.
Os docinhos chegaram ao salão de festa e montamos um esquema  que mais lembrava as linhas de produção de Henry Ford: uma tia abria as forminhas, a outra colocava o docinho dentro delas, uma terceira levava os doces embalados à mesa e eu montava a decoração da mesa. Olha que luxo:
 Agora detalhes do bolo, da mesa de doces e das Galinhas, que são fofíssimas:
Eu fiquei apaixonada pela decoração e muito orgulhosa de ter ajudado a deixar tudo bonito! Nossos primos e primas também curtiram a decoração e cada um (a) pegou um galináceo para chamar de seu/sua!
A farra sobrou até pra Vó Maria, que no dia da festa completava 86 anos de vida!
Veja como o tempo passa... A bisneta completando 1 ano, a Bisavó 86...
E para finalizar o papo sobre festinhas, doces e o passar do tempo, gostaria de compartilhar com você um belo texto que ouvi recentemente no encerramento da novela A Vida da Gente (yes, de vez em quando eu assisto novela). O discurso foi proferido por uma personagem já senhora, mas suas verdades são atemporais:

Quem teve o privilégio de viver muito sabe que o tempo é um mestre muito caprichoso. Às vezes as suas lições são tão repentinas que quase nos afogam. Outras vezes elas se depositam devagar, como a conta-gotas, diante da avidez de nossas perguntas. E por isso quem teve o privilegio de viver muito tempo – como tantos amigos aqui do nosso baile – aprende a olhar com serenidade o turbilhão da vida. Amores ardentes se extinguem, urgências se acalmam, passos ágeis ralentam. Enfim, tudo muda. Muda o amor, mudam as pessoas, muda a família... Só o tempo permanece do mesmo modo, sempre passando.
E é por isso que eu queria esta noite erguer um brinde a ele, que esculpiu no meu rosto e na minha alma a sua marca da qual eu tanto me orgulho.
Então, ao tempo!

Lindo, né?


Então, ao tempo!

Parabéns Claudinha e Rodrigo pela bela festa!
Parabéns Nathalinha pelo seu primeiro ano de vida e obrigada por me trazer tanta felicidade!

-=♥=-

Comentários

  1. oi Márcia!
    que festa LINDAAAA!!! adorei tudo, o motivo da galinha...os docinhos, ai lindinhos...
    sua sobrinha esta uma fofa, gatinha.. e fizeram o certo, comemoraram o primeiro ano de vida desta criatura linda!
    E não tem que passar em branco não, a vida deve sempre ser comemorada, viver é muito bom... e ter o privilegio de ver um filho crescer, ou sobrinha é mais que um bom motivo pra comemorar...
    Adorei a sua foto com ela, ficou ótima...
    Agora o mais engraçado é que estava lendo o post e a Valentina chegou viu as fotos e disse: "eu quero ir nessa festa mamãe, leva eu agora..." (agora pode??? rsrs). Isso que é mágico nas crianças, essa inocência, pureza...
    Parabéns para sua sobrinha, pelo um ano de vida e que venham muitos anos felizes com essa família alegre que ela tem...
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Que festa linda!!!!! Lendo o que você tão carinhosamente escreveu recordo das tantas crianças que encontramos na vida. Algumas fazem parte da nossa família, algumas encontramos em outra situação mas nos olhos de todas elas uma inocência contagiante que leva embora toda tristeza por ventura sentimos no momento. E aquele sorriso no começo tímido mas depois tão sapeca que nos faz babar, meu DEUS como são lindas!!!
    Sua sobrinha é uma boneca e a festa tão bem feita demonstra o carinho e o amor em cada detalhe. E você tem razão é muito gostoso festa de criança, quem aproveita mesmo somos nós as crianças grandes kkkkkkkk. Parabens Boneca linda!!!!


    Bjuuu
    Fica com DEUS =)

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pra Vó Maria e para a Nathália! E qu festa legal, todo mundo alegre, todo mundo na farra, delícia :-D
    Beijocas, Angie

    ResponderExcluir
  4. Que fofura!
    Todos esses bichinhos!
    Ficou simplesmente um charme!
    Linda a festa... e claro, linda a Nathalinha!
    bjsss

    ResponderExcluir
  5. Olá, Marcia!
    Nossa, a quanto tempo em não espiava por aqui. Parabéns a todos pela pequena e bela Nathália. Aliás, belo nome! :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi! boa viajem, até a volta, então! Beijos1

    ResponderExcluir
  7. Que festa linda Márcia!! E que talento tem a sogra da sua irmã hein!? Tudo de muito bom gosto! Parabéns para a Nathalia e que vocês continuem e para a sua avó. Que vocês continuem comemorando durante muitos e muitos anos!! Bjsssssss

    ResponderExcluir
  8. What great wonder, Marcia!! Surely time waits for no man or woman. What a pleasure is it to see a young one grow up and blossom forth into life. Just like one of your wonderful flowers captured in picture. My word the deep mysteries of this universe of "dar a luz" are so amazing. what a sweet child Nathalia is and she is truly blessed to have such a warm and loving family. Indeed she is blessed to have an aunt like you, since you will teach her how truly to love, to pray and to live.

    All the graces to you.

    Ian

    ResponderExcluir
  9. Oi Márcia! Achei teu blog e fui logo seguindo... Mas voltei agora pra comentar.
    Menina, q festa mais maravilhosa. As festas dos pequenos no Brasil é assim mesma, fui p várias assim. Aqui, as festas são para as crianças. Adoro os dois tipos de festas pq me divirto de todo jeito, sem contar q AMO comidinhas de aniversário de crianças! hehe
    A Nathalia é linda e sua família me lembra a minha.
    Q Deus abençoe VCs!

    Beijo
    xoxo

    ResponderExcluir
  10. Ficou linda amigalhes, já tinha visto umas fotos, mas ficou puro amor! ♥

    Longa vida pra família.
    Bjs

    Mari Lima

    ResponderExcluir
  11. Meu Deus, já fez um ano?? Nasceu outro dia, caramba!
    A festinha ficou linda demais, cheia de detalhes lindos Má. E vcs todas estao lindissimas, como sempre, e a sobrinha a coisa mais fofa.

    A ultima foto de vcs duas, é perfeita!
    Parabéns pra pequena e pra mamaezinha dela. Mts alegrias sempre.

    ResponderExcluir
  12. As lembracinhas ficaram lindas! Gosto do jeito que a sua família celebra as comemorações: se for pra fazer festa, vamos fazer direito! :)

    Caprichosos, viu? :)

    Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Aproveite a paisagem e deixe um comentário! Enjoy the landscape and leave me a comment ♥

Postagens mais visitadas deste blog

Festa na floresta ~ A pink safari party

Fim de semana passado foi a vez da mais nova integrante da família celebrar seu aniversário. Nathália, minha sobrinha e afilhada, completou 2 aninhos de idade numa festa pra lá de linda. Os bichinhos da floresta vieram em peso pra festa porque o tema da decoração era um "Safari Rosa". Tigresas, elefantes, girafas, macaquinhas e outros "animais" enfeitaram o salão com uma graciosidade pensada nos mínimos detalhes. As samambaias, árvores e folhas trouxeram o clima acolhedor da floresta, ao passo que os balões rosa e a forração com print animal deram um tom feminino da decoração. ♥ Last weekend my niece Nathália celebrated her birthday. Her party was planned under the motto "Pink Safari", and every detail was nicely thought and done to match some kind of a girly forest. I shall explain to my foreign readers that kid's parties can be big events in Brazil. In terms of planning, size and budget, kid's parties can be compared with small weddings. You wil…

As namoradeiras de janela ~ Brazilian folk art

Português/English Reza a lenda que as esculturas das namoradeiras retratam as moças de antigamente que se debruçavam na janela em busca de um namorado, já que suas famílias eram conservadoras e as privaram de sair de casa para conhecer rapazes. 
Com um braço apoiado na janela e o outro segurando o rosto, as namoradeiras representavam nitidamente uma espera - a espera pelo grande amor de suas vidas.  Privadas da liberdade, as namoradeiras caprichavam no visual para atrair bons partidos. Os lábios carnudos, os decotes sensuais e os olhares sonhadores eram as armas de sedução das namoradeiras.  Embalados pela lenda e pelas armas de sedução femininas, artesãos de todo o Brasil reproduzem esculturas de namoradeiras belíssimas.  Algumas esculturas têm um olhar doce e sonhador, outras têm um olhar capcioso, quase pecaminoso. É a arte imitando a vida... ♥♥♥ Once upon a time Brazilian girls brought up in the countryside were forbidden by their strict parents to go out and flirt with boys. Left w…

Fotos pulando ~ Jumping pictures

Fotografia é expressão. Fotografia é registro. Fotografia é diversão.  Além de gostar de fotografar, edito livros de fotografia que retratam, na maioria das vezes, viagens.  E através das fotos eu percebo que as pessoas têm um certo padrão na hora de fotografar, padrão que se reflete nas poses preferidas, ou até mesmo, nas poses "caricatas".  A pose caricata do meu irmão é hilária: ele se deita nos bancos das praças, como se estivesse dormindo, e pede para alguém fotografar a cena. Não há uma viagem sequer que ele não fotografe um "soninho fingido" no banco da praça, kkk.
Outra amiga-cliente ama fotografar, juntamente com o namorado, a pose do "cavalinho" das quadrilhas. Eles juntam as mãos e saem em disparada, dando pequenos pulinhos... Dá pra imaginar a cena em frente ao Coliseu na Itália? A foto ficou um colosso!
Minha irmã gosta de posar para fotos com o pescoço levemente jogado para a direita. Minha mãe geralmente coloca as mãos na cintura. Já a cria…