Pular para o conteúdo principal

O universo das orquídeas ~ The universe of the orchids

Diz a lenda que Orchis, filho de um sátiro (habitante das florestas segundo a mitologia grega) com uma ninfa, foi assassinado pelas Bacantes, sacerdotisas de Baco, o Deus do vinho. Graças às preces de seu pai, Orchis teria sido transformado em uma flor que agora leva seu nome: orquídea.
Desde a Idade Média as orquídeas são populares por suas supostas propriedades afrodisíacas. Preparados especiais utilizando as raízes e as folhas de algumas espécies foram tidas como estimulantes sexuais e até mesmo capazes de auxiliar na produção de bebês do sexo masculino. Tornavam-se assim sinônimo de virilidade e fertilidade...
As orquídeas vegetam em diversos ecossistemas, sendo encontradas em florestas, campos, cerrados, tundras e até mesmo em margens de deserto. São erroneamente chamadas de parasitas, quando na verdade, são epífitas, ou seja, vivem sobre outras plantas sem causar danos ao hospedeiro.

A maioria das orquídeas apresenta um tecido esbranquiçado e esponjoso revestindo suas raízes (que mais parecem dedos). Esse tecido, o velame, é responsável pela rápida absorção de água e nutrientes, permitindo que as orquídeas vivam em locais praticamente desprovidos de solo, como galhos.
Outras espécies são terrestres (como a orquídea negra da foto abaixo) e são encontradas nos solos das matas, campos e até mesmo na areia pura das dunas.
O Brasil é um dos países mais ricos em espécies de orquídeas, comparável somente à Colômbia e Equador. Veja a quantidade de espécies distribuida por regiões geográficas:
Uma boa amostra das espécies brasileiras de orquídeas pode ser observada e apreciada no orquidário do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. O espaço é belo e bem cuidado. Mas prepare-se para suar em bicas, porque a estufa faz juz ao nome e retém muito calor.

No orquidário do Jardim Botânico do Rio eu vi pela primeira vez uma espécie que me lembrou um animalzinho que muito aprecio na panela...
Comparações à parte, ficam aqui registradas algumas lendas, curiosidades e características desta bela flor que adorna muitos lares mundo a fora, inclusive o meu.
E o seu?  Há alguma orquídea por aí?
Aproveitando o ensejo, gostaria de presentear virtualmente as Mamães com todas as orquídeas que fotografei! Feliz dia das Mães, girls!
Referências:
Jardim Botânico do Rio de Janeiro

-=♥=-

Comentários

  1. And Marcia "Oops you did it again"! Those words and pictures were absolutely lovely. Orchids are delicate and magnificent and very feminine. They need great care and love for them to grow. I suppose that is why orchids are prized by all and sundry. Thanks for that post Marcia, it was one of the best gifts that I have ever got. Brazil is blessed to have the Amazon, since orchids abound there. Viva Brasil!

    yfa Ian.

    ResponderExcluir
  2. Maravilhosas Marcia. Que belo post.

    ResponderExcluir
  3. Girl!!! obrigada :-)

    Fotos lindas Maaaaaaaaa tbm sou doida com orquideas, mas sabe que nunca tenho em casa :-( curioso... acho chique qd tem no banheiro, mas o meu banheiro nao é nada chique :-(

    ResponderExcluir
  4. Amiga do cora,
    Que humor!!!!! Achei que só eu imaginava coisas onde ninguém conseguia ver!!!! O MUST HAVE da semana!!!! Vc me fez dar boas risadas! Lindas as fotos!!! Obrigada pelas informações sobre as orquídeas!!!! Amei!
    Bjo do cora!

    Cris

    ResponderExcluir
  5. Amei o post! Top 10 da nossa viagem! Saudade e boa viagem de novo! Enjoy! Bjs

    Mari Lima

    ResponderExcluir
  6. Excelentes macros de belas flores....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  7. Adorei a orquídea 'focinho de porco', hehehe :-D
    E que linda a orquídea negra, nunca tinha visto!!!
    Beijo grande, Angie

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Aproveite a paisagem e deixe um comentário! Enjoy the landscape and leave me a comment ♥

Postagens mais visitadas deste blog

Festa na floresta ~ A pink safari party

Fim de semana passado foi a vez da mais nova integrante da família celebrar seu aniversário. Nathália, minha sobrinha e afilhada, completou 2 aninhos de idade numa festa pra lá de linda. Os bichinhos da floresta vieram em peso pra festa porque o tema da decoração era um "Safari Rosa". Tigresas, elefantes, girafas, macaquinhas e outros "animais" enfeitaram o salão com uma graciosidade pensada nos mínimos detalhes. As samambaias, árvores e folhas trouxeram o clima acolhedor da floresta, ao passo que os balões rosa e a forração com print animal deram um tom feminino da decoração. ♥ Last weekend my niece Nathália celebrated her birthday. Her party was planned under the motto "Pink Safari", and every detail was nicely thought and done to match some kind of a girly forest. I shall explain to my foreign readers that kid's parties can be big events in Brazil. In terms of planning, size and budget, kid's parties can be compared with small weddings. You wil…

As namoradeiras de janela ~ Brazilian folk art

Português/English Reza a lenda que as esculturas das namoradeiras retratam as moças de antigamente que se debruçavam na janela em busca de um namorado, já que suas famílias eram conservadoras e as privaram de sair de casa para conhecer rapazes. 
Com um braço apoiado na janela e o outro segurando o rosto, as namoradeiras representavam nitidamente uma espera - a espera pelo grande amor de suas vidas.  Privadas da liberdade, as namoradeiras caprichavam no visual para atrair bons partidos. Os lábios carnudos, os decotes sensuais e os olhares sonhadores eram as armas de sedução das namoradeiras.  Embalados pela lenda e pelas armas de sedução femininas, artesãos de todo o Brasil reproduzem esculturas de namoradeiras belíssimas.  Algumas esculturas têm um olhar doce e sonhador, outras têm um olhar capcioso, quase pecaminoso. É a arte imitando a vida... ♥♥♥ Once upon a time Brazilian girls brought up in the countryside were forbidden by their strict parents to go out and flirt with boys. Left w…

Fotos pulando ~ Jumping pictures

Fotografia é expressão. Fotografia é registro. Fotografia é diversão.  Além de gostar de fotografar, edito livros de fotografia que retratam, na maioria das vezes, viagens.  E através das fotos eu percebo que as pessoas têm um certo padrão na hora de fotografar, padrão que se reflete nas poses preferidas, ou até mesmo, nas poses "caricatas".  A pose caricata do meu irmão é hilária: ele se deita nos bancos das praças, como se estivesse dormindo, e pede para alguém fotografar a cena. Não há uma viagem sequer que ele não fotografe um "soninho fingido" no banco da praça, kkk.
Outra amiga-cliente ama fotografar, juntamente com o namorado, a pose do "cavalinho" das quadrilhas. Eles juntam as mãos e saem em disparada, dando pequenos pulinhos... Dá pra imaginar a cena em frente ao Coliseu na Itália? A foto ficou um colosso!
Minha irmã gosta de posar para fotos com o pescoço levemente jogado para a direita. Minha mãe geralmente coloca as mãos na cintura. Já a cria…