Pular para o conteúdo principal

A terra das ovelhas ~ Sheepland

A paisagem da Nova Zelândia é salpicada de cadeias montanhosas, lagos, praias e ovelhas. Isso mesmo, ovelhas. Elas são figuras tão emblemáticas da Nova Zelândia que acho justo categorizá-las como parte da geografia.
O país tem um dos maiores rebanhos ovinos do mundo - estimado em 40 milhões de animais - que fornece carne, lã e leite, principalmente para o mercado externo.
Por falar em mercado externo, mais da metade de toda a receita de exportação de lá é oriunda da agricultura e pecuária. A pergunta que eu me fiz, ao visitar um país altamente desenvolvido e paradoxalmente tão dependente do setor primário, foi exatamente essa:
Como é que a Nova Zelândia conseguiu se tornar uma nação de primeiro mundo produzindo frutas, carne, lã, madeira e outros produtos com baixo grau de industrialização?
Parte da resposta vem da tecnologia. A Nova Zelândia é pioneira em pesquisa agrícola, líder em tecnologia animal e de colheita, que otimiza a produtividade por hectare.
Os vinhos neozelandeses, especialmente os brancos, são internacionalmente reconhecidos e seus alimentos exportados para muitos países.
Conhece o Kiwi? A Nova Zelândia fornece cerca de 25% da produção mundial da fruta! Por isso os nativos também são chamados de Kiwi, apelido que eles graciosamente usam entre si.
Além da tecnologia, um fator predominante para o desenvolvimento deste pequeno país da Oceania é o baixo nível de corrupção. A Nova Zelândia é o país menos corrupto do mundo e emprega suas receitas com alta eficiência. O turismo também representa uma robusta fonte de renda. Os aeroportos do país são de primeira, bem como estradas e portos. Resumo da ópera: o país está muito bem preparado para o turismo eu acho que você tem que visitá-lo em breve :)
As ovelhas de lá ficarão felizes com sua presença!

Vou frizar mais uma vez: pensar em Nova Zelândia é pensar em ovelhas...
Eu particularmente nunca tinha visto uma ovelha de perto. Já vi bode, cabra, cabrito, mas uma ovelha peludinha nunca havia cruzado o meu caminho. Até eu visitar a fazenda Walter Peak, localizada a 30 minutos de barco de Queenstown.
A fazenda é aberta a visitação e oferece detalhes interessantes do dia-a-dia da criação das ovelhas, como o tosqueamento, performance dos cães pastores além de um restaurante pitoresco que serve churrasco ao estilo neozelandês.
Você já viu uma ovelha ser tosqueada?
O tosqueador (uma espécie de cabeleleiro do mundo ovino) imobiliza a ovelha, ajusta o equipamento e começa a tosa. 
Eu morri de pena, estava com o coração em pedaços, mas o fazendeiro me disse que o processo é indolor para os animais. E o mais impressionante: as ovelhas não se mexem, ao contrário, elas ficam paralisadas durante o tosquemento! As ovelhas são animais extremamente dóceis e sem reação. E isso pude ver com meus próprios olhos.
Aqui a bichinha já estava quase toda tosqueada... Ficou parecendo um camelo, mas continuou muito charmosinha sem seus 4 kilos de lã. Isso mesmo: 4 kilos de lã x $ 4.00 = 16 dólares neozelandeses!
Cada ovelha é tosqueada duas vezes ao ano. E esta fazenda tem 10 mil ovelhas. A conta parece boa!
Outra demonstração que eu achei interessante foi a dos cães pastores. Não há pastor contemporâneo que consiga subir e descer os morros íngremes da região. Mas os cães pastores dão conta do recado com uma eficiência maravilhosa!
Eles não latem nem mordem as ovelhas. Simplesmente as conduzem com o olhar! É magnífico!
A visita foi muito instrutiva! Conheci um pouco mais desses animais dóceis e tão significativos na economia da Nova Zelândia!
Para finalizar o passeio, um almoço maravilhoso no restaurante Walter Peak.
E na hora de escolher um souvenir... adivinha o que eu comprei?
It's all about the sheep!

Referência:

-=♥=-

Comentários

  1. Wow!! Que aula!! Adorei saber um pouco mais da NZ e da economia dela. Acho que a chave para o desenvolvimento de qq país é a baixa tolerância a corrupção. Meu marido morou um tempinho na Austrália, vizinha da NZ, e ele concluiu que o Brasil poderia ser igual ou melhor do do que a Austrália para se viver, se os governantes seguissem alguns exemplos básicos adotados neste país. Quem sabe um dia né... Bjsss

    ResponderExcluir
  2. Hehehe - adorei a foto do 'Let's go, girls' :-D
    Que fofuchas, né? Eu acho ovelhas muito lindinhas :-D
    Que lindo o prédio do restaurante! Só espero que eles nao tinham lamb no cardápio :-O
    Beijocas, Angie

    ResponderExcluir
  3. Oi Sandra!
    Ouvi uma máxima interessante que está alinhada ao que seu esposo diz:
    "O Brasil é a Austrália que deu errado".
    Ambos países estão relativamente alinhados nos trópicos, tem bons recursos naturais, ainda assim nossos caminhos trilharam rumos bem diferentes. Às vezes me pergunto o que seria o Brasil se os ingleses tivessem colonizado essas terras. Será que estaríamos melhor?
    Os exemplos dos EUA, Australia e Nova Zelândia me fazem acreditar que sim.
    Em contrapartida, nosso ethos, nossa singularidade como raça, como nação, como identidade jamais seria a mesma caso os "British" tivessem se instalado por essas bandas. Não seríamos esse Brasil varonil e quiçá teriamos um território tão extenso, fato que se deve em grande parte aos Portugueses.
    Enfins, os questionamentos sempre nos levam à hipóteses, mas a realidade é que somos o que somos. É uma satisfação compartilhar informações novas sobre a NZ por aqui!


    Angie, as ovelhas são umas lindas! No churrasco tinha lamb, mas seguindo o raciocínio do pato, que você compartilha, não consegui comer!

    Bjim Meninas!

    ResponderExcluir
  4. que delicia de viagem e post! =) nossa, fiquei morrendo de vontade de conhecer o pais agora. E adorei saber da parte economica...realmente é raro um pais ser de 1o mundo exportando só produtos primários, mas acho que tambem tem a ver com o tamanho da nação ;) super interessante! bjs!

    ResponderExcluir
  5. Então o país poderia se chamar Nova-Ovelhândia. kkkkk
    brincadeirinhas à parte, mas como deve ser lindo e organizado aquele país!
    Dá uma peninha saber que um animal tão lindo, dócil e que nos dá tanto, pode ser morto e até comido.
    E o restaurante, belíssimo por sinal, servem ovelhas no cardápio?
    O que você nos relata aqui é uma demonstração de que um país pode ser pródigo e decente, sem esta fome que temos de produzir, poluir e querer estar entre os G20.
    adorei! conta mais, vai?
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  6. Yes Marcia. NZ is a very beautiful, but wet place with oodles of sheep. NZ is somewhat similar to Scotland in topography and climate. Love those cute sheep dolls. During the heyday of the British empire, we in the British Caribbean got our butter, and lamb from NZ. NZ is clean and pure and the Kiwis have done a very good job of keeping their country green. If you can you should try to visit the Maoris (the original inhabitants) people, their art and tattoos are fab. You might even end up with a lovely tattoo!

    Cheers!
    Ian

    ResponderExcluir
  7. Oi Marcita!!!
    que aula gostosa de história, geografia... adorei!!!
    e as fotos como sempre incríveis...
    Estou maravilhada com a Nova Zelândia!!
    Sobre o ponto que você contou que a NZ é um dos países com menos corrupção, é novidade pra mim, nunca imaginei isso. Alias, quase tudo sobre a NZ foi novidade... e realmente é um passeio inesquecível!
    beijos e aguardo novos fatos a serem narrados...rsrsr

    ResponderExcluir
  8. ah que bonitinhas!! e que paisagens bonitas.

    Vcs ja estao de volta?
    deixa eu ler o post aqui embaixo...

    ResponderExcluir
  9. Oi Mikelli! Você tocou num ponto muito interessante! A NZ é bem pequena, produz o que consome e tem excedentes! Então dá pra exportar tranquilamente! Conheça sim, vc vai adorar!!! Bjim

    Betinha, eu AMMMMEEEIIII a sua denominação: Nova Ovelândia :) Eles serviram ovelhas no cardápio, mas eu não consegui comer... As aspirações da NZ me parecem muito singelas, eles parecem muito satisfeitos com seu tamanho, não querem ser o que não são. Tratam do meio ambiente com muito respeito e amam sua terra! Contarei mais com todo o prazer :)

    Hi Ian! Interesting to know that NZ dairy products ended up in the Caribean! I read that when Uk joined the European Union NZ struggled a lot. Mom was gone. But they made it! Thanks for the comment!!!

    Aninha mais novidades sobre esse país remoto por vir!!! Bjim!

    Já sim Nina! De volta às terras tupiniquins! As ovelhas são lindas mesmo... E bem dóceis :)

    ResponderExcluir
  10. Marcinha, recebi uma verdadeira aula, pois não sabia muita coisa sobre a Nova Zelândia...!!!
    Adorei...e as ovelhinhas, muito fofinhas!!! (sempre ali para produzirem mais e mais lãs...)
    Super post!!!
    Como sempre Marcinha,está de parabéns. Adoro como escreve!!
    Viu que agora aprendi a comentar?!..estou pegando o jeitinho...rsrsrs..
    bjs, Sheyla

    ResponderExcluir
  11. Oi Sheylinha! Fico feliz que você tenha conhecido um pouco mais sobre a Nova Zelândia aqui no blog! A intenção é desvendar o mundo e compartilhar as experiências e interpretações :)
    Super beijo, obrigada pelo comentário!
    Marcia

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Aproveite a paisagem e deixe um comentário! Enjoy the landscape and leave me a comment ♥

Postagens mais visitadas deste blog

Festa na floresta ~ A pink safari party

Fim de semana passado foi a vez da mais nova integrante da família celebrar seu aniversário. Nathália, minha sobrinha e afilhada, completou 2 aninhos de idade numa festa pra lá de linda. Os bichinhos da floresta vieram em peso pra festa porque o tema da decoração era um "Safari Rosa". Tigresas, elefantes, girafas, macaquinhas e outros "animais" enfeitaram o salão com uma graciosidade pensada nos mínimos detalhes. As samambaias, árvores e folhas trouxeram o clima acolhedor da floresta, ao passo que os balões rosa e a forração com print animal deram um tom feminino da decoração. ♥ Last weekend my niece Nathália celebrated her birthday. Her party was planned under the motto "Pink Safari", and every detail was nicely thought and done to match some kind of a girly forest. I shall explain to my foreign readers that kid's parties can be big events in Brazil. In terms of planning, size and budget, kid's parties can be compared with small weddings. You wil…

As namoradeiras de janela ~ Brazilian folk art

Português/English Reza a lenda que as esculturas das namoradeiras retratam as moças de antigamente que se debruçavam na janela em busca de um namorado, já que suas famílias eram conservadoras e as privaram de sair de casa para conhecer rapazes. 
Com um braço apoiado na janela e o outro segurando o rosto, as namoradeiras representavam nitidamente uma espera - a espera pelo grande amor de suas vidas.  Privadas da liberdade, as namoradeiras caprichavam no visual para atrair bons partidos. Os lábios carnudos, os decotes sensuais e os olhares sonhadores eram as armas de sedução das namoradeiras.  Embalados pela lenda e pelas armas de sedução femininas, artesãos de todo o Brasil reproduzem esculturas de namoradeiras belíssimas.  Algumas esculturas têm um olhar doce e sonhador, outras têm um olhar capcioso, quase pecaminoso. É a arte imitando a vida... ♥♥♥ Once upon a time Brazilian girls brought up in the countryside were forbidden by their strict parents to go out and flirt with boys. Left w…

Fotos pulando ~ Jumping pictures

Fotografia é expressão. Fotografia é registro. Fotografia é diversão.  Além de gostar de fotografar, edito livros de fotografia que retratam, na maioria das vezes, viagens.  E através das fotos eu percebo que as pessoas têm um certo padrão na hora de fotografar, padrão que se reflete nas poses preferidas, ou até mesmo, nas poses "caricatas".  A pose caricata do meu irmão é hilária: ele se deita nos bancos das praças, como se estivesse dormindo, e pede para alguém fotografar a cena. Não há uma viagem sequer que ele não fotografe um "soninho fingido" no banco da praça, kkk.
Outra amiga-cliente ama fotografar, juntamente com o namorado, a pose do "cavalinho" das quadrilhas. Eles juntam as mãos e saem em disparada, dando pequenos pulinhos... Dá pra imaginar a cena em frente ao Coliseu na Itália? A foto ficou um colosso!
Minha irmã gosta de posar para fotos com o pescoço levemente jogado para a direita. Minha mãe geralmente coloca as mãos na cintura. Já a cria…