Pular para o conteúdo principal

Recanto rural ~ Chilling in the countryside

Português / English A região onde moro no Brasil não foi agraciada com o mar. Há rios, muitos deles, e há quem diga que o rio Araguaia é a praia do goiano. Mas o rio não é minha praia, embora eu já tenha acampado na beira de um deles. Se eu tivesse que escolher a "praia", ou colocando em termos objetivos, um local de lazer que as pessoas da minha região costumam frequentar, meu palpite seria: uma fazenda. Goiás é um Estado com vocação agrícola e pecuária. Portanto é natural que as fazendas sejam emblemáticas na nossa cultura.
Eu mesma fui criada praticamente dentro de uma fazenda. Tenho um pezinho na roça. Um pezinho travesso e sujo de barro que eu tinha que esfregar com força numa bacia com água e sabão antes de dormir. A água que eu bebia vinha do poço e saía miraculosamente geladinha do filtro de barro. Meus brinquedos eram galinhas, atrás das quais eu corria, ou delas corria, bonecas de milho e pintinhos de estimação. Meu despertador era um galo eloquente, que na época eu odiava, mas hoje eu provavelmente adoraria. Melhor despertar com um galo do que com um celular.
É... A vida me levou para longe das fazendas. Mas eu continuo voltando para elas. Agora como hóspede :)
Compartilho com vocês imagens de um belo hotel-fazenda na região de Goiás Velho que me encantou.   
 I grew up close to a farm in the Central West region of Brazil. I used to play with corn dolls, run after (and from) chicken and my pet was a yellow-cute chick. The interaction I had with nature was awesome and I cherish the memories of my childhood on a farm.
No wonder why I love the peace and quietness from rural environments... But life lead me to big cities, which I came to adore as well.
However, every now and then I like to visit “farm-hotels” in Goiás State. These hotels are located in big farms and offer an environment that evokes simplicity and nature. The pictures below were taken on a charming farm-hotel in Goiás Velho city. Isn't it lovely?
Fala pra mim se não dá vontade de bater um "dedim de prosa" nesse ambiente?
Os detalhes da decoração reproduzem cenas cotidianas de uma fazenda. Abaixo um cachepô de tamanduá bandeira... Animal presente no Cerrado Brasileiro.
E uma galinha poedeira.
{Deus que me perdoe, mas eu já quebrei tantos ovos quando era criança...}
A decoração dos quartos é rústica e bem caricata.
No restaurante, quadros que retratam a Cidade de Goiás, ou Goiás Velho.
E para finalizar uma fachada bem característica das casas de fazenda em Goiás.
"Bora" pra roça, cumadis e cumpadis?


Referência:
Manduzanzan Hotel Fazenda.


-=♥=- 

Comentários

  1. Dearest Marcia,

    There is something earthy and honest about a farm house. I love those pictures, for they inspire me to write and to think. And houses like those are worth living in since they represent what is good about the earth and her bounty. They are living art.

    Cheers!

    Ian

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Indeed, Ian!
      Farm houses have the power to bring us back to a meaningful simplicity. A Fresh coffee, a piece of cake thats still warm, birds singing, chicken eating the leftovers on the floor... This feels like home to me :)
      Cheers!

      Excluir
  2. Beautiful Marcia....cada detalhe...faz sonhar!!!

    ResponderExcluir
  3. Marcita, então você era uma menina danadinha, daquelas que fazia muitas artes, né?
    Estou louca pra conhecer teu estado e esta região, quando eu for, vou ficar então nesta pousada, guarda bem o nome que vou precisar, ok.
    beijos cariocas e bom final de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guardo sim querida! Se precisar que qualquer dica é só pedir!
      Bjim

      Excluir
  4. Beautiful photos of an intriguing place - I love that crazy chicken! Thanks for visiting my blog.

    ResponderExcluir
  5. Que bonito! Parece um local perfeito para descansar e viver devagarinho. Eu podia passar uma semana nesse hotel-fazenda! Beijo

    ResponderExcluir
  6. Ahhhhhhhhhhh que hotel rústico e lindo!!! Eu passava férias, na minha infância, no interior de SP na casa de tias, primos e avó!! Tenho saudade daquele tempo. Nós éramos "pés vermelhos", rs... Mas com as galinhas eu não mexia porque tinha medo, hahaha.
    Tenho muita vontade de conhecer a Chapada dos Veadeiros ai na sua terra. Quem sabe um dia :-). Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Sandra eu ia pra Chapada no feriado de 7 de setembro mas na última hora não deu certo... Tenho muita vontade de conhecer esse paraíso natural e estou colocando pilha nas amigas para irmos lá antes do final do ano. O lugar é bem mistico e dizem os hippies que a cidade de Alto Paraíso (a 20km do parque) será uma das poucas no mundo que sobreviverá ao ano 2012. Vemos ver :)
      Anotarei as dicas pra te passar!

      Excluir
  7. Sempre que vou ao Tenessee em dezembro, nunca quero voltar pois me lembra as fazendinhas,o contato entre vizinhos,o conhecer, o proteger um ao outro, algo perdido na cidade grande.As fotos me lembram daqueles lugares onde vc vai para descansar mesmo, para aproveitar a vida e ver a beleza nas pequenas coisas.Ai agora deu vontade ter café com bolo, huuuum :)!

    ResponderExcluir
  8. oi flor!!!
    já voltei de viagem... e vi que não perdi muito por aqui... cheguei a tempo!!! eba!!!
    e que lugara mais gostoso..... me fez lembrar muito de quando era criança as coisas que vc citou no post... é muito bom né?!
    Esta pousada soube caracterizar muito isso... que deliciaaaa de lugaR!!!!
    adorei a foto da galinha!!! rsrsr
    beijosssssssssss

    ResponderExcluir
  9. Márcia, a minha família é do interior e nada melhor do que passar uns dias num lugar assim para recarregar as energias! Adoro! bjo

    ResponderExcluir
  10. Oi Márcia,
    ter um pezinho na roca é muito bom!
    e que encanto de hotel! Lindas as fotos!

    bjsss

    ResponderExcluir
  11. We seem to share the similar experience, Marcia. As a child, I liked to stay at my grandparents’ in the country and I was a wild child there, running after or being run after by hens and chicks. The hotel is fascinating, I’d like to stay for a while in person. Have happy days ahead.

    Englsih translation is so helpful. Thank you!

    Yoko

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dear Yoko,
      It's nice to hear you also had a crush on the countryside as a child! The memories I have from that moment of my life are so tender, I bet yours are as well!
      I do recommend a stay at that hotel. Its like a cultural dive into the central west modus vivendi of Brazil.
      I wish you happy days ahead as well! And I hope you Mother is doing better! And that your grandkid is happy as ever!
      Cheers!
      Márcia

      Excluir
  12. Oi Rose! Os detalhes fazem mesmo sonhar. É nos detalhes que mora o acolhimento da decoração e a simplicidade requintada do hotel fazenda!

    Hey John! That crazy chicken reminded me of my childhood. I used to break as many eggs as I could... No wonder why the chicken were not my friends... ha ha.

    Joana... adorei a expressão "viver devagarinho". Dá pra viver devagarinho nesse hotel sim! A pergunta é: a gente consegue viver devaraginho?

    Gigi, eu sempre tenho vontade de topar a combinação fantástica de café + bolo! Mas uma casa de fazenda assim atiça ainda mais a vontade né?
    Essa região é bem caricata pelo pão de queijo! Vale combinar o café com um pão de queijo saído do forno! Recomendo :)
    Os laços de cuidado que você experimenta no Tenessee já não existem mais nas cidades grandes. É uma pena porque a vida em comunidade é acolhedora, cuidadosa. Enfins... São tempos modernos em cidades modernas! Bjim querida!

    Aninha! Voltou da sua Urlaub? Tá só pinotando nessa Zoropa linda hein??? Que maravilha!
    A galinha é uma peça né? O hotel era cheio desses detalhes feitos com barro e madeira. Adorei!

    Eu também adoroo, Raquel! Até do galo eu gosto! Nós que moramos em cidades grandes precisamos ainda mais desse contato com a simplicidade e com ambientes que nos façam desacelerar!
    Pé no break e na roça :)

    Obrigada, Dé!











    ResponderExcluir
  13. Belas fotografias de belo lugar....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  14. o que é essa foto do template, cara?????? ta joia demais!

    putz, pois eu adoro rio, tudo bem que essa fazenda gostosa ai dá sim, mt vontade de prosear, mas aahh se ela fosse na beira do rio seria ainda mais linda :-) ahh essa casa no rio negro, ai ai ai :-) indiazinha nao saia mais de la pra alemanha nenhuma da vida, ahahahaha

    Bjs amor!

    ResponderExcluir
  15. Sem palavras, Márcia! Que coisa mais aconchegante! Eu sou nascida e criada na beira da praia, mas amo fazendas, contato com plantas e animais. Aqui no Ceará tem uma cidade chamada Guaramiranga, fica na serra e sempre que quero mais contato com a natureza vou por lá, tem muitos hotéis-fazenda também, tudo é mais verdinho e tem aquele cheirinho de mato!
    Lindas fotos!
    Beijos,
    Ana

    ResponderExcluir
  16. QUE LUGAR ENCANTADO.
    RUSTICO MA MEDIDA CERTA COM MUITO BOM GOSTO.
    EU NUNCA ESTIVE EM MINAS EMBORA MEU IRMÃO MORE Lá DA QUASE 4 ANOS,
    MAS UM DIA QUERO IR Lá PARA CONHECER AS OBRAS DE ALEIJADINHO.


    BACI

    ResponderExcluir
  17. Obrigada, Fernando!

    Nina, minha amiga indiazinha chegada num rio... Confesso que essas paisagens brasileiras me enraizam por aqui como uma árvore da Amazônia... E obrigada pelo elogio a montagem da capa do bloguito! Misturei tudo, Bamberg, coqueiros de Pernanbuco, catedral parisiense, Rio de Janeiro e a maluquete que há em mim explorando tudo :) Bjim!

    Aninha! Vou anotar a cidade que você mencionou! Coisa boa são essas paisagens de infância! O tempo pode passar como quiser, mas isso marca a gente, né? Bjim!

    Olá Edna! As paisagens que retratei não ficam em MG, mas em Goiás! Admiro muito as obras de Alejadinho, e na Cidade de Goiás (município do hotel fazenda que fotografei) há um museu de imagens sacras esculpidas por Veiga Vale, o segundo maior ícone brasileiro de arte sacra.

    ♥♥♥

    ResponderExcluir
  18. Adorei o pezinho na areia , rsrsr..Marcinha... eu tenho o pé, a mão ,o braço, a cabeça !!! ...rsrsrs..
    Goiás é realmente um charme...muita história,muito original...muito gostoso de se ver ...
    Bjao,Sheyla

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Aproveite a paisagem e deixe um comentário! Enjoy the landscape and leave me a comment ♥

Postagens mais visitadas deste blog

Festa na floresta ~ A pink safari party

Fim de semana passado foi a vez da mais nova integrante da família celebrar seu aniversário. Nathália, minha sobrinha e afilhada, completou 2 aninhos de idade numa festa pra lá de linda. Os bichinhos da floresta vieram em peso pra festa porque o tema da decoração era um "Safari Rosa". Tigresas, elefantes, girafas, macaquinhas e outros "animais" enfeitaram o salão com uma graciosidade pensada nos mínimos detalhes. As samambaias, árvores e folhas trouxeram o clima acolhedor da floresta, ao passo que os balões rosa e a forração com print animal deram um tom feminino da decoração. ♥ Last weekend my niece Nathália celebrated her birthday. Her party was planned under the motto "Pink Safari", and every detail was nicely thought and done to match some kind of a girly forest. I shall explain to my foreign readers that kid's parties can be big events in Brazil. In terms of planning, size and budget, kid's parties can be compared with small weddings. You wil…

As namoradeiras de janela ~ Brazilian folk art

Português/English Reza a lenda que as esculturas das namoradeiras retratam as moças de antigamente que se debruçavam na janela em busca de um namorado, já que suas famílias eram conservadoras e as privaram de sair de casa para conhecer rapazes. 
Com um braço apoiado na janela e o outro segurando o rosto, as namoradeiras representavam nitidamente uma espera - a espera pelo grande amor de suas vidas.  Privadas da liberdade, as namoradeiras caprichavam no visual para atrair bons partidos. Os lábios carnudos, os decotes sensuais e os olhares sonhadores eram as armas de sedução das namoradeiras.  Embalados pela lenda e pelas armas de sedução femininas, artesãos de todo o Brasil reproduzem esculturas de namoradeiras belíssimas.  Algumas esculturas têm um olhar doce e sonhador, outras têm um olhar capcioso, quase pecaminoso. É a arte imitando a vida... ♥♥♥ Once upon a time Brazilian girls brought up in the countryside were forbidden by their strict parents to go out and flirt with boys. Left w…

Fotos pulando ~ Jumping pictures

Fotografia é expressão. Fotografia é registro. Fotografia é diversão.  Além de gostar de fotografar, edito livros de fotografia que retratam, na maioria das vezes, viagens.  E através das fotos eu percebo que as pessoas têm um certo padrão na hora de fotografar, padrão que se reflete nas poses preferidas, ou até mesmo, nas poses "caricatas".  A pose caricata do meu irmão é hilária: ele se deita nos bancos das praças, como se estivesse dormindo, e pede para alguém fotografar a cena. Não há uma viagem sequer que ele não fotografe um "soninho fingido" no banco da praça, kkk.
Outra amiga-cliente ama fotografar, juntamente com o namorado, a pose do "cavalinho" das quadrilhas. Eles juntam as mãos e saem em disparada, dando pequenos pulinhos... Dá pra imaginar a cena em frente ao Coliseu na Itália? A foto ficou um colosso!
Minha irmã gosta de posar para fotos com o pescoço levemente jogado para a direita. Minha mãe geralmente coloca as mãos na cintura. Já a cria…