Pular para o conteúdo principal

A esperança é verde ~ Hope is green

Portugûes / English  As estações do ano no Centro Oeste brasileiro são definidas pela chuva. Não há primavera, verão, outono e inverno, e sim estação seca e estação chuvosa.
De maio a setembro, período da seca, a natureza lida com um stress hídrico extremamente delicado. A umidade relativa do ar chega a 10% (percentual comparado a regiões desérticas) e a fauna & flora padecem com a falta de água.
Nós humanos também padecemos à nossa maneira. A pele fica seca como a terra, as doenças respiratórias afetam a saúde e a sequidão da paisagem desalenta a alma. É triste ver tamanha secura estampada em tons de bege e marrom aonde outrora havia verde.
No entanto, Deus conhece bem a natureza que Ele mesmo criou. E antes que suas criaturas cheguem ao limite, Ele manda a chuva dos céus para renovar a vida e a esperança na terra.
Deve ser por isso que o verde é a cor da esperança...
 
~
 
The seasons in the Central West of Brazil are defined by rain. There is no spring or winter, but dry season and rainy season.
From May to September, a period that we know as the dry season, the nature has to deal with an extremely difficult water stress. The relative humidity of air reaches 10% (a percentage compared to desert regions) and the fauna & flora suffer a lot with the lack of water.
We humans also suffer in our own way. The skin becomes as dry as the land, respiratory diseases affect our health and the dryness of the landscape somehow affects our mood. It's sad to see such dryness coloring the landscape in tons of beige and brown where once there was so much green.
However, God knows the limits of the nature He created. And before His creatures reach their limits, He throws water from the sky to renew life and hope on earth. That must be the reason why green is the color of hope.
I like it so much to watch the rain falling, to see trees and animals relieved by the refreshing water...

 
 
Como é bom ver a chuva cair e sentir o cheiro da terra molhada...
 

Comentários

  1. Minha amiga, vou te contar, este ano está de meter medo, porque até aqui que temos tanta umidade no ar por conta do mar e dos lagos, sentimos esta seca absurda. Todas as noite vejo morros que antes eram verdes queimando, uma fila de fogo, labaredas que aumentam de acordo com o vento que sopra do oceano.
    O fenômeno El Niño que retorna este ano com a entrada da primavera, está prometendo fazer muitos estragos, principalmente aqui pelo Sudeste. Ontem, pra você ter uma ideia, ainda no finalzinho do inverno, tivemos a temperatura escandalosa de 40.2 graus. Os cariocas de um lado e outro da ponte, sofreram horrores com aquele dia quente, sem um ventinho e hoje com o céu púmbleo, mas sem chuva. Precisamos urgente dessa chuva, mas ela virá, como tudo na natureza é cíclico.
    Esta foto da varanda com a chuva molhando o terreno verde é deslumbrante, dá vontade de sentar nesta rede e ficar só olhando, só olhando.
    E o papagaio, que fofo, sou louca por eles, mas não tenho coragem de colocá-lo numa gaiola num apartamento.
    Bem, então se a chuva redentora já mostrou-se por aí, com certeza, estará chegando aqui daqui a pouco. Vou sentar na rede e aguardar, ela vem sim, a natureza é maravilhosa, não nos decepciona, nós sim, fazemos coisas a ela que dá vergonha de pertencer a raça humana.
    um beijo grande, carioca



    ResponderExcluir
  2. Márcia, que fotos lindas!! Realmente o verde é a cor da esperança e que verde lindo tem esse papagaio :-).
    A falta de chuva está castigando mesmo, falei com a minha família em SP e todos já estavam comemorando a chuvinha fraca que caiu e a frente fria, bem típica de SP, que chegou! Dias melhores virão... Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Cada dia tuas fotos estao mais lindas Ma.
    Caramba, adoro chuva num dia quente, molhando a terra, trazendo aquele cheiro bom...preciso pensar na beleza que ela traz do que nos prejuizos :-( em Manaus outro dia, soube que choveu horrores e a cidade ficou a noite e a manha do dia seguinte sem energia eletrica :-/

    ResponderExcluir
  4. Márcia! Que fotos mais lindas, cheias de cor e vida! Esse papagaio fofo! Fiquei com muita vontade de ir ao Brasil... Obrigada por partilhar. Beijo

    ResponderExcluir
  5. Nossa Marcia vc arrazou nas fotos!!Coisa linda de se ver numa manhå de sexta feira, daria quase tudo pra estar nessa rede vendo a chuva cair.
    Bjks e otima final de semana.

    ResponderExcluir
  6. oi Marcia!!!
    realmente o tempo seco é ruim... nariz, pele, cabelo ficam ressecados...
    E nada como uma chuvinha para refrescar... agora que varanda mais gostosa é essa??? com esta rede... que delicia de lugar...
    Sobre as fotos você cada dia se supera, esta segunda do bichinho tomando água... caracas ficou excelente!!!! perfeita!!!
    beijos e vom fional de semana

    ResponderExcluir
  7. Dear Marcia,
    I like the sound of falling rain and the smell of the mixture of leaves and soil. During our scorching summer, only rain can soften the heat. Rain revives not only plants, wildlife, landscape but also we humans. Our winter is cold and dry, and I don’t like it when my skin is dry. “Hope is green.”- I can’t agree more. Your photos of green parrot and lush green are fabulous!

    Yoko

    ResponderExcluir
  8. Wow Marcia! The pitter patter of rain drops falling on the dry parched earth gives us that earthy smell that I love. That smell reminds me of my childhood and the pleasantness of sleeping in a cosy bed and dreaming of ice cream and lollipops. Rains sings a gentle natural lullaby as the water caresses leaves and the ground. Without water there would be no life on the planet. It is fantastic to see vegetation that seemed deed burst into life after a shower. That shows us that nascent potential blooms after it is touched by a life giving force. Yes truly you are correct that hope is the colour of green. I suppose this is why desert dwellers look at green and rare oases as a something to cherish. Too Jesus was considered to be the living water, for he gave spiritual life to all he touches. your pictures are wonderful,,they capture nature's life force and majesty.

    Cheers! Ianito.

    ResponderExcluir
  9. Oi Betinha! A chuva redentora já deu o ar da graça por aqui! Desde que escrevi o post já choveu outras vezes, o que sinaliza que a seca está com os dias contatos! Felizmente! Espero que a chuva acalente brevemente as bandas do Sudeste também!
    Este papagaio fofolete vive livre da silva. Ele é mansinho e adora quando eu "cato piolho" na cabecinha dele. Sempre damos frutas pra ele, por isso ele é nosso amigo rsss...

    Sandrinha, SP estava uma panela de pressão! Com a falta de chuva a poluição pairava no horizonte, uma coisa horrível! Ainda bem que a garoa está fazendo um limpa no céu :)

    Ah Nina, que pena a chuva ter trago tantos prejuízos a sua terrinha... Esse nosso Brasil anda muito pirado "climaticamente". Chove demais num canto e de menos no outro... Quanto aos cliques, vielen Dank querida! O Brasil é pura inspiração!

    Venha sim, Joana! Nossas cores são intensas assim como nosso povo, nossa música e manifestações culturais! Se precisar de qualquer dica é só pedir!

    Obrigada Renatinha! Chuva caindo é uma benção de Deus. Depois vem o sol mostrando os tons cintilantes que a água deixa nas plantas... É lindo demais!

    Obrigada, Aninha! O meu amigo papagaio colaborou com o ensaio fotográfico ;) Esse lugar é muito especial pra mim... Bjim!

    Thank you very much, Yoko! I hope you've had enough rain to chill a bit the warm Japanese summer! Cheers!

    Hi Ian! That was a wonderful comment. "Rains sings a gentle natural lullaby as the water caresses leaves and the ground". Thats so cute!
    Cheers to the rain!







    ResponderExcluir

Postar um comentário

Aproveite a paisagem e deixe um comentário! Enjoy the landscape and leave me a comment ♥

Postagens mais visitadas deste blog

Festa na floresta ~ A pink safari party

Fim de semana passado foi a vez da mais nova integrante da família celebrar seu aniversário. Nathália, minha sobrinha e afilhada, completou 2 aninhos de idade numa festa pra lá de linda. Os bichinhos da floresta vieram em peso pra festa porque o tema da decoração era um "Safari Rosa". Tigresas, elefantes, girafas, macaquinhas e outros "animais" enfeitaram o salão com uma graciosidade pensada nos mínimos detalhes. As samambaias, árvores e folhas trouxeram o clima acolhedor da floresta, ao passo que os balões rosa e a forração com print animal deram um tom feminino da decoração. ♥ Last weekend my niece Nathália celebrated her birthday. Her party was planned under the motto "Pink Safari", and every detail was nicely thought and done to match some kind of a girly forest. I shall explain to my foreign readers that kid's parties can be big events in Brazil. In terms of planning, size and budget, kid's parties can be compared with small weddings. You wil…

As namoradeiras de janela ~ Brazilian folk art

Português/English Reza a lenda que as esculturas das namoradeiras retratam as moças de antigamente que se debruçavam na janela em busca de um namorado, já que suas famílias eram conservadoras e as privaram de sair de casa para conhecer rapazes. 
Com um braço apoiado na janela e o outro segurando o rosto, as namoradeiras representavam nitidamente uma espera - a espera pelo grande amor de suas vidas.  Privadas da liberdade, as namoradeiras caprichavam no visual para atrair bons partidos. Os lábios carnudos, os decotes sensuais e os olhares sonhadores eram as armas de sedução das namoradeiras.  Embalados pela lenda e pelas armas de sedução femininas, artesãos de todo o Brasil reproduzem esculturas de namoradeiras belíssimas.  Algumas esculturas têm um olhar doce e sonhador, outras têm um olhar capcioso, quase pecaminoso. É a arte imitando a vida... ♥♥♥ Once upon a time Brazilian girls brought up in the countryside were forbidden by their strict parents to go out and flirt with boys. Left w…

Fotos pulando ~ Jumping pictures

Fotografia é expressão. Fotografia é registro. Fotografia é diversão.  Além de gostar de fotografar, edito livros de fotografia que retratam, na maioria das vezes, viagens.  E através das fotos eu percebo que as pessoas têm um certo padrão na hora de fotografar, padrão que se reflete nas poses preferidas, ou até mesmo, nas poses "caricatas".  A pose caricata do meu irmão é hilária: ele se deita nos bancos das praças, como se estivesse dormindo, e pede para alguém fotografar a cena. Não há uma viagem sequer que ele não fotografe um "soninho fingido" no banco da praça, kkk.
Outra amiga-cliente ama fotografar, juntamente com o namorado, a pose do "cavalinho" das quadrilhas. Eles juntam as mãos e saem em disparada, dando pequenos pulinhos... Dá pra imaginar a cena em frente ao Coliseu na Itália? A foto ficou um colosso!
Minha irmã gosta de posar para fotos com o pescoço levemente jogado para a direita. Minha mãe geralmente coloca as mãos na cintura. Já a cria…