13 de mai de 2012

O universo das orquídeas ~ The universe of the orchids

Diz a lenda que Orchis, filho de um sátiro (habitante das florestas segundo a mitologia grega) com uma ninfa, foi assassinado pelas Bacantes, sacerdotisas de Baco, o Deus do vinho. Graças às preces de seu pai, Orchis teria sido transformado em uma flor que agora leva seu nome: orquídea.
Desde a Idade Média as orquídeas são populares por suas supostas propriedades afrodisíacas. Preparados especiais utilizando as raízes e as folhas de algumas espécies foram tidas como estimulantes sexuais e até mesmo capazes de auxiliar na produção de bebês do sexo masculino. Tornavam-se assim sinônimo de virilidade e fertilidade...
As orquídeas vegetam em diversos ecossistemas, sendo encontradas em florestas, campos, cerrados, tundras e até mesmo em margens de deserto. São erroneamente chamadas de parasitas, quando na verdade, são epífitas, ou seja, vivem sobre outras plantas sem causar danos ao hospedeiro.

A maioria das orquídeas apresenta um tecido esbranquiçado e esponjoso revestindo suas raízes (que mais parecem dedos). Esse tecido, o velame, é responsável pela rápida absorção de água e nutrientes, permitindo que as orquídeas vivam em locais praticamente desprovidos de solo, como galhos.
Outras espécies são terrestres (como a orquídea negra da foto abaixo) e são encontradas nos solos das matas, campos e até mesmo na areia pura das dunas.
O Brasil é um dos países mais ricos em espécies de orquídeas, comparável somente à Colômbia e Equador. Veja a quantidade de espécies distribuida por regiões geográficas:
Uma boa amostra das espécies brasileiras de orquídeas pode ser observada e apreciada no orquidário do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. O espaço é belo e bem cuidado. Mas prepare-se para suar em bicas, porque a estufa faz juz ao nome e retém muito calor.

No orquidário do Jardim Botânico do Rio eu vi pela primeira vez uma espécie que me lembrou um animalzinho que muito aprecio na panela...
Comparações à parte, ficam aqui registradas algumas lendas, curiosidades e características desta bela flor que adorna muitos lares mundo a fora, inclusive o meu.
E o seu?  Há alguma orquídea por aí?
Aproveitando o ensejo, gostaria de presentear virtualmente as Mamães com todas as orquídeas que fotografei! Feliz dia das Mães, girls!
Referências:
Jardim Botânico do Rio de Janeiro

-=♥=-