Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

E os cadeados se espalham pelas pontes Europeias... Love padlocks

As pontes europeias, principalmente as construídas em cidades turísticas, estão extrapolando a função primária de ligar dois pontos separados por um rio para se tornaram, também, depósitos de cadeados com juras de amor eterno. A tradição dos cadeados começou em Paris, na emblemática Pont des Arts, ponte pomposa que atualmente atrai mais turistas pelos milhares de cadeados nela pendurados do que pela beleza intrínseca de seus arcos e traços.  E como o amor não conhece fronteiras, tampouco limites, os cadeados apaixonados foram se espalhando como uma praga do bem pelas pontes da Europa.  A ponte Alte Brücke, que fica em Heidelberg, uma cidadezinha alemã de beleza extraordinária, não escapou dos casais apaixonados.  O que de longe parece ser só uma ponte... 
De perto, é uma ponte + um depósito de cadeados, dos mais variados tamanhos e cores, que se empilham nos poucos lugares onde é possível trancafiar o cadeado.


Espiar os detalhes dos cadeados é um prato cheio para os curiosos!  Alguns…

Freiburg & Nina

Ai ai... Coisa boa é rever quem a gente ama.  Sei que a vida anda corrida para todos nós, mas precisamos fazer oportunidades e encontrar tempo para cultivar os afetos que são importantes na nossa vida.  E o que não faltou na minha curta jornada pelas terras germânicas foi este tipo de cultivo afetivo. Encontrei a Aninha, encontrei o Kader - um grande amigo meu da época da pós-graduação e, no último dia da viagem, encontrei a Nina.
Nina e eu nos conhecemos pessoalmente alguns anos atrás na Alemanha. Ela me ajudou muito, e de várias maneiras, durante aquela fase da minha vida. Acabei voltando para o Brasil, mas a amizade permaneceu firme, a despeito da distância e do tempo.
Sinto pela Nina um amor fraterno, além de muita admiração. E sempre que nos reencontramos, é uma alegria só. Nosso último encontro não fugiu à regra... Foi alegre do início ao fim! E contou com um aditivo: a Nina conheceu a Maria, e a Maria finalmente conheceu a Nina. Estas duas mocinhas se deram muito bem e me pass…