17 de set de 2013

Elementos naturais ~ Natural elements


Arara, folhas verdes, caminhos.
Andar, respirar fundo, contemplar.
Lamparinas, flores tropicais, jabuticaba.
A Natureza é um refúgio elementar.


A macaw, green leaves, paths. 
Walking. Breathing deeply. Contemplating.
Bananas, tropical flowers, a comfortable chair
To spend the day seizing natural elements. 







Fotografei todos os elementos naturais na Pousada O Casarão em Pirenópolis.
Recomendo!
All pictures were taken in a cozy hotel in Pirenópolis City - Goiás State - Brazil. If you want to check see the hotel, click here!


  

10 de set de 2013

Pirenópolis ~ Goiás ~ Brasil

Português/English Nem tudo que reluz é ouro. Mas foi o ouro que fez a região de Pirenópolis reluzir e atrair seu desenvolvimento nos idos do século XVIII. 
O município foi fundado em 1731 com o nome de (respire fundo!) Minas de Nossa Senhora do Rosário Meia Ponte. E só em 1890 o nome mudou para Pirenópolis, o município dos Pirineus, nome dado à serra que a circunda.
Segundo a tradição, a serra recebeu este nome por haver na região imigrantes espanhóis. Por saudosismo ou por encontrar alguma semelhança com os Pirinéus da Europa, cadeira montanhosa situada entre Espanha e França, deram então à esta serra o nome de Pirinéus. De Pirinéus para Pirenópolis foi só um pulinho  ;)
A pequena Pirenópolis, localizada entre Goiânia e Brasília, conserva seu aspecto antigo e bucólico e conquista visitantes pela tranquilidade, pela arquitetura colonial, pelas tradicionais empadas, pelas tropicais cachoeiras ou simplesmente pelo ar interiorano que inspira o relaxamento.
Convido seu olhar a passear com o meu pelas ruas de pedra de Pirenópolis!

The history of Pirenópolis begins in 1727 when the first Portuguese colonizers came after the gold easily found in the Rio das Almas river. From 1750 to 1800 Pirenópolis was seen as the richest town in the province. 
After 1800 a downturn over gold mining was set and part of the population emigrated. In the 1980s the hippies arrived with their alternative communities and production of handicrafts. 
Pirinópolis was born again with a huge influz of tourists, mainly from Brasilia and Goiânia (Center-West region in Brazil).
Enjoy a relaxing walk around the streets of Pirenópolis and it's beautiful colonial houses.


As fachadas das casas são decoradas com muito esmero. 

E a pintura nova, presente na maioria da das casas coloniais, dão à cidade um aspecto de zelo e de cuidado que raramente presenciamos no Brasil. Mas quando vemos, enchemos o peito de orgulho!
Repare que maravilha de casa! 



A rua abaixo é a prova inconteste de que a tranquilidade reina absoluta nessa linda cidade de interior. 
Se essa rua
Se esta rua fosse minha 
Eu mandava 
Eu mandava ladrilhar 
Com pedrinhas 
Com pedrinhas de brilhante
Só pra ver
Só pra ver meu bem passar 

E para nos despedirmos de Pirenópolis, fica aqui uma imagem capaz de nos fazer voltar no tempo e descansar os olhos no sossego que já não temos mais... 
Did you enjoy the walk/ride?
Aproveitaram o passeio? 


  

6 de set de 2013

Fachadas cor de rosa ~ Pink facades

O ilustre pensador mineiro Rubem Alves certa vez escreveu: 
"Muitas pessoas levam seus cães a passear. Eu levo meus olhos a passear. E como eles gostam!"
Meus olhos gostam muito de passear. Acredito que os seus também. Talvez este seja um denominador em comum entre nós - o gosto pelos diversos passeios que nossos olhos fazem - sejam passeios por novas paisagens ou mesmo passeios feitos em paisagens já conhecidas. 
O interessante disso tudo é que os olhos são os mesmos, mas o olhar da gente muda muito. Quando estamos sensíveis e disponíveis ao momento presente, o passeio com os olhos se torna extremamente aprazível e revela nuances que outrora não fomos capazes de reparar. 
E não é só a disponibilidade da alma que revela nuances, é o próprio momento da vida que direciona o olhar para uma direção ou outra. 
Eu, que há pouco finalizei a decoração do meu apartamento, ainda volto muito o meu olhar para a arquitetura e para objetos de decoração. O todo naturalmente é percebido, mas o foco é suavemente direcionado. 
Há pouco tempo, estive numa cidade histórica do interior de Goiás e reparei muito as fachadas coloniais de lá. Algumas parecem abrigar casas de bonecas. Outras são de uma delicadeza incrível. E todas são especiais em seu contexto: uma cidade lindinha que mostrarei para vocês na próxima postagem. 
Por hora compartilho fachadas cor de rosa que são um encanto em Pirenópolis:
A casa abaixo tem portas e janelas pintadas com degradês de rosa:
Já a porta da casa abaixo, emoldurada por uma árvore florida, revela um corredor cheio de fofurices...



Quanto capricho!

A caixa de correio (lindinha demais) acompanhou o tom de rosa e deu um toque gracioso à fachada estreita da casa.












E as bougainvilleas floridas deixam tudo ainda mais bonito...




Espero que seus olhos tenham gostado deste breve passeio pelas fachadas coloniais e fofurices de Pirenópolis!
Até a próxima!

  

2 de set de 2013

As namoradeiras de janela ~ Brazilian folk art

Português/English Reza a lenda que as esculturas das namoradeiras retratam as moças de antigamente que se debruçavam na janela em busca de um namorado, já que suas famílias eram conservadoras e as privaram de sair de casa para conhecer rapazes. 
Com um braço apoiado na janela e o outro segurando o rosto, as namoradeiras representavam nitidamente uma espera - a espera pelo grande amor de suas vidas. 
Privadas da liberdade, as namoradeiras caprichavam no visual para atrair bons partidos. Os lábios carnudos, os decotes sensuais e os olhares sonhadores eram as armas de sedução das namoradeiras. 
Embalados pela lenda e pelas armas de sedução femininas, artesãos de todo o Brasil reproduzem esculturas de namoradeiras belíssimas. 
Algumas esculturas têm um olhar doce e sonhador, outras têm um olhar capcioso, quase pecaminoso. É a arte imitando a vida...
  
Once upon a time Brazilian girls brought up in the countryside were forbidden by their strict parents to go out and flirt with boys. Left with no other choice, these girls spent the whole day by the window of their houses to catch some attention of the candidates on the street.
This tale is the background story of the typical Brazilian sculptures shared on this post. They are named “namoradeiras de janela”, translated as flirtatious girls by the window. No wonder why they wear red lipsticks, low cleavages and have a tanned skin! These girls are ready to catch a good match! 

Diz-se que as namoradeiras de janela surgiram em Minas Gerais. 
Mas Goiás, Estado vizinho e muito influenciado por Minas, também produz este tipo de escultura. A cidade histórica de Pirenópolis - localizada em Goiás - está cheia de namoradeiras de janela e não há turista que não se encante pela graciosidade das esculturas. 
Repare na escultura abaixo os brincos, a rendinha no vestido tomara-que-caia, a flor nos cabelos, a faixa combinando com o "tecido" do vestido... Uma graça!


As namoradeiras se tornaram peças de decoração caricatas da cidade de Pirenópolis. Lojas, hotéis e residências expõem namoradeiras em suas janelas. O resultado é uma cidade bem colorida, divertida e com clima de flerte.  





 Olha que bonito o ambiente abaixo arrematado pela namoradeira  "pra-frentex":


Eita que beiço grande, amigue!!!
Espero que tenham gostado da história das namoradeiras e de suas cores e formas exuberantes :) 
Elas representam um tiquinho da arte desse nosso Brasil criativo e colorido!