Pular para o conteúdo principal

Um passeio pelo verde ~ A stroll through the green

Português/English Há um saber, oriundo da ciência e principalmente da nossa experiência pessoal, que preconiza o poder restaurador da natureza. Sabemos que estar em contato com a natureza tranquiliza, relaxa e acalma. Sabemos, mesmo que de forma empírica, que a pressão arterial diminui, que os batimentos cardíacos entram num compasso menos frenético e que a alma descansa quando estamos imersos no verde. Mas as cidades nos atraíram com suas facilidades e seus cinquenta tons de cinza... E o contato com o verde foi relegado aos momentos em que podemos nos dar ao "luxo" de escapulir das grandes cidades.
Escapuli recentemente para um lugar que combina a natureza com a arte. Trata-se de Inhotim, um instituto que foi idealizado em 1980 e abriga um complexo museológico de quilate internacional totalmente imerso em jardins de beleza singular. 
A beleza do lugar é tamanha que merece mais de uma postagem... A primeira vai retratar o acervo "natural" e clorofilado e a segunda, o acervo artístico. 
Com vocês, a beleza de Inhotim!
~
Many foreigners relate Brazil to sand, sea and sun. But there is more to it than meets the eye… I have recently visited an open air museum on the Central West region of Brazil that I would definitely recommend to a fellow friend that drops over. There is no sea around, but the combination of mountains and splendid nature leaves no room for regret.
Inhotim is the largest open air museum worldwide and it offers a new perspective that has nothing to do with urban museums. The visitor has the change to stroll around gardens, forests and rural settings, coming across galleries and pavilions filled with contemporary art.
My visit to Inhotim was so rich and enchanting that I divided the experience in two posts: one comprising the natural beauty of the museum and the second one exploring the artistic overview. 
Enjoy the green stroll around Inhotim's gardens! 










♥  ♥  

Comentários

  1. Wow, what a lovely set of photos. An urban museum filled with breath-taking beauty is rare. I especially love the swan photo.

    ResponderExcluir
  2. Holy MOly...that tree with the bench underneath is beautiful!

    ResponderExcluir
  3. Wow, it EXACTLY looks like a stroll throught a German winter forest!!! ;-)

    Hallo Marcia, du bist (wie so oft) zu beneiden um eure wundervolle Natur. Wir genießen derzeit grau in grau - und dazwischen hin und wieder den ein oder anderen Sonnenstrahl.

    Dir und deinen Lieben ein wundervolles Jahr 2014!

    Liebe Grüße, Uwe.

    ResponderExcluir
  4. Lindo, linco... uma amiga daqui esteve em Inhotim no final do ano passado. O lugar parece mesmo ser deslumbrante! Quero conhecer :-). Bjs Marcita!!

    ResponderExcluir
  5. Taí um lugar que quero conhecer em breve, mas espero passar o verão.
    Marcita, você nos mostrou um lado diferente deste belo lugar, pois todo mundo que lá vai, mostra sempre o lado artístico. Eu amei o verde do lugar, parece mais um jardim botânico e os troncos majestosos, transformados em bancos, que coisa mais linda. Você é uma talentosa fotógrafa da nossa mãe gaia. Um beijão carioca.

    ResponderExcluir
  6. A natureza brasileira é de facto gloriosa e merece ser bem cuidada. As fotos estão lindas!

    Vou ficar na Suécia mas mudar de cidade para Örebro! Vou tentar dar notícias lá no blog, espero que a inspiração surja no meio do caos :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Que coisa mais linda esse lugar!Adorei ver e bom lugar pra lista de "conhecer"...beijos praianos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  8. Que lindo! aqui sempre é uma caixinha de surpresa!!!!!
    bjossss!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Fantástico esse lugar! E que verde mais verde! Fiquei imaginando o ar desse lugar, como deve ser puro e fresco. As imagens estão lindas lindas! Aguardando o próximo post! :)
    beijão
    Ana

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Aproveite a paisagem e deixe um comentário! Enjoy the landscape and leave me a comment ♥

Postagens mais visitadas deste blog

Festa na floresta ~ A pink safari party

Fim de semana passado foi a vez da mais nova integrante da família celebrar seu aniversário. Nathália, minha sobrinha e afilhada, completou 2 aninhos de idade numa festa pra lá de linda. Os bichinhos da floresta vieram em peso pra festa porque o tema da decoração era um "Safari Rosa". Tigresas, elefantes, girafas, macaquinhas e outros "animais" enfeitaram o salão com uma graciosidade pensada nos mínimos detalhes. As samambaias, árvores e folhas trouxeram o clima acolhedor da floresta, ao passo que os balões rosa e a forração com print animal deram um tom feminino da decoração. ♥ Last weekend my niece Nathália celebrated her birthday. Her party was planned under the motto "Pink Safari", and every detail was nicely thought and done to match some kind of a girly forest. I shall explain to my foreign readers that kid's parties can be big events in Brazil. In terms of planning, size and budget, kid's parties can be compared with small weddings. You wil…

As namoradeiras de janela ~ Brazilian folk art

Português/English Reza a lenda que as esculturas das namoradeiras retratam as moças de antigamente que se debruçavam na janela em busca de um namorado, já que suas famílias eram conservadoras e as privaram de sair de casa para conhecer rapazes. 
Com um braço apoiado na janela e o outro segurando o rosto, as namoradeiras representavam nitidamente uma espera - a espera pelo grande amor de suas vidas.  Privadas da liberdade, as namoradeiras caprichavam no visual para atrair bons partidos. Os lábios carnudos, os decotes sensuais e os olhares sonhadores eram as armas de sedução das namoradeiras.  Embalados pela lenda e pelas armas de sedução femininas, artesãos de todo o Brasil reproduzem esculturas de namoradeiras belíssimas.  Algumas esculturas têm um olhar doce e sonhador, outras têm um olhar capcioso, quase pecaminoso. É a arte imitando a vida... ♥♥♥ Once upon a time Brazilian girls brought up in the countryside were forbidden by their strict parents to go out and flirt with boys. Left w…

Fotos pulando ~ Jumping pictures

Fotografia é expressão. Fotografia é registro. Fotografia é diversão.  Além de gostar de fotografar, edito livros de fotografia que retratam, na maioria das vezes, viagens.  E através das fotos eu percebo que as pessoas têm um certo padrão na hora de fotografar, padrão que se reflete nas poses preferidas, ou até mesmo, nas poses "caricatas".  A pose caricata do meu irmão é hilária: ele se deita nos bancos das praças, como se estivesse dormindo, e pede para alguém fotografar a cena. Não há uma viagem sequer que ele não fotografe um "soninho fingido" no banco da praça, kkk.
Outra amiga-cliente ama fotografar, juntamente com o namorado, a pose do "cavalinho" das quadrilhas. Eles juntam as mãos e saem em disparada, dando pequenos pulinhos... Dá pra imaginar a cena em frente ao Coliseu na Itália? A foto ficou um colosso!
Minha irmã gosta de posar para fotos com o pescoço levemente jogado para a direita. Minha mãe geralmente coloca as mãos na cintura. Já a cria…